Meus anjos

Eu continuo a procurar a vossa cara na multidão de estrelas no céu!Será que ficariam envergonhados ou iriam respeitar-me e apoiar-me?Será que me abraçavam ou me julgariam?Queria tanto que me aquecessem com as vossas mãos o meu coração que está tão frio como no dia em que foram levados…Já passaram tantos anos, mas eu consigoContinue a ler “Meus anjos”

Memorias da infância

A mae de Annabelle partiu com ela rumo a Lisboa, entregando a bebe ao cuidado de um casal enquanto trabalhava em boites, na noite Lisboeta, pouco depois partiu para o Sul deixando a criança para trás.Annabelle cresceu a sentir-se rejeitada,inferior e apesar do amor mútuo entre o casal e ela, o mesmo nao acontecia comContinue a ler “Memorias da infância”

Create your website with WordPress.com
Iniciar