Uma carta do meu ser!

Olá, não te vou perguntar como estás pois sei que não estás nos teus melhores dias, que te sentes confusa, perdida e com medo, mas não te preocupes, pois irás dar a volta. Tornaste-te uma pessoa sofrida, mas bondosa e resiliênte. Já te vi a cair vezes sem conta, muitas pessoas após as primeiras quedasContinue a ler “Uma carta do meu ser!”

Preciso de ti

Hoje, ao refletir sobre o passado, eu vejo bem a causa maioritária da minha revolta, foi a ausência de um pai e uma mãe, que quando aparecia, só me marcava pela negativa. Vivi tantas coisas que não fui capaz de exteriorizar, guardei tudo para mim, como se uma criança fosse capaz de tal, sem queContinue a ler “Preciso de ti”

Meus anjos

Eu continuo a procurar a vossa cara na multidão de estrelas no céu!Será que ficariam envergonhados ou iriam respeitar-me e apoiar-me?Será que me abraçavam ou me julgariam?Queria tanto que me aquecessem com as vossas mãos o meu coração que está tão frio como no dia em que foram levados…Já passaram tantos anos, mas eu consigoContinue a ler “Meus anjos”

Memorias da infância

A mae de Annabelle partiu com ela rumo a Lisboa, entregando a bebe ao cuidado de um casal enquanto trabalhava em boites, na noite Lisboeta, pouco depois partiu para o Sul deixando a criança para trás.Annabelle cresceu a sentir-se rejeitada,inferior e apesar do amor mútuo entre o casal e ela, o mesmo nao acontecia comContinue a ler “Memorias da infância”

Create your website with WordPress.com
Iniciar